27 dezembro 2019

Ultima página do meu diário de 2019.



Como todos os anos, aqui vai meu resumão de 2019:


Que ano, viu? Não me lembro de ter passado tanto perrengue quanto passei em 2019, seja financeiramente, emocionalmente ou fisicamente. Esse ano tudo foi mais intenso, perdi dois familiares queridos e próximos e perdi o meu grande amor, minha cachorrinha, baby.

Eu confesso que comecei o ano muito empolgada, mas não tive tantas realizações como eu imaginei que teria, foram meses meio mornos até chegar em maio quando perdi um querido tio e na mesma semana perdi meu bisavó. No mês seguinte minha cachorrinha começou a ficar doente e foram três meses de muito sofrimento até ela ir embora em setembro. Foi o pior dia da minha vida, o pior momento e os piores meses seguintes. 

Financeiramente também não foi fácil, eu tive que fazer muitas escolhas (o que não é tão ruim porque você acaba sendo muito grato pelo o que tem) e deixei de fazer muitas coisas por conta de dinheiro mesmo (vida real!) mas por um lado aprendi a me controlar e economizar todo o dinheiro que entra e me perguntar "eu realmente preciso disso agora?" ou "eu posso pagar isso? 

E fisicamente foi um ano de descobertas! Pelo fato de ter uma limitação física, as coisas são um pouquinho mais difíceis para mim, e no segundo semestre desse ano eu comecei a pegar o estágio obrigatório da faculdade. Tive quatro estágios durante quatro meses, fora o estágio que eu tenho fora da faculdade. Resumindo, minha vida ficou uma loucura porque todo mês eu estava em uma clinica/núcleo/hospital diferente, vivendo coisas diferentes, sem tempo para respirar (afinal, estágiario não é gente) e minha saúde começou a me cobrar uma mudança, né? Minhas perninhas ficavam mais cansadas do que a minha mente, e eu tive que começar a fazer uma coisa que eu não suportaVA: Atividade Fisica. Academia. Fortalecer minhas pernocas. Hoje eu posso dizer que gosto um pouco de ir para academia! E estou evoluindo, andando melhor e cansando menos. 

Mesmo com tantas coisas ruins, eu consigo tirar muitas coisas boas também! Amadureci muito esse ano, tive a certeza da especialidade que eu quero seguir, conheci pessoas novas, tive momentos maravilhosos e aprendi muito! Além disso tudo, ter a familia ao seu lado é um presente que nem todos podem ter, e minha familia é um presente de Deus! 

2020 vai ser incrivel, eu me formo, vou ter dois patinhos (22 anos) e entre outros projetos que Deus já direcionou na minha vida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo