27 fevereiro 2018

Resenha: Outros Jeitos de Usar a Boca

Olarr queridões e queridonas. O post de hoje é sobre um livro que eu devorei em duas horas (juro!) e acho que é de utilidade publica todo mundo ler e ter esse livro! 

Outros jeitos de usar a boca é um livro de poemas e mini textos que foi escrito para: dar um tapa na sua cara!

Editora Planeta
Autora: Rupi Kaur
Páginas: 204
Primeiramente o livro me chamou atenção pelo seu titulo, bem incomum e curioso. Depois fiquei muito feliz por suas páginas serem amareladas (o que me cansa menos na hora de ler) e pelas ilustrações simples que são muito significativas de acordo com cada poema. 

Com certeza você já leu um poema de Rupi Kaur e não sabe. Eles estão por toda parte da internet, e isso é ótimo porque como eu disse: esse livro é utilidade publica. Ele é divido em quatro partes: A dor, O amor, A ruptura e A cura. Cada parte te faz refletir sobre um tipo de dor/sentimento diferente e todos são um tapa na cara, sério! Acabei colocando post it no livro quase todo, e a cada poema que eu lia eu parava, respirava e pensava "gente do céu!"

Vou colocar um poema aqui de cada capitulo só para instigar vocês e confesso que foi muito difícil escolher um só:

A dor:

você
cresceu ouvindo
que suas pernas são
um pit sop para homens que
procuram um lugar para repousar
um corpo vazio desocupado o bastante
para receber hóspedes mas
nenhum nunca chega disposto a
ficar

O amor:

você pode não ter sido meu primeiro amor
mas foi o amor que tornou
todos os outros amores
irrelevantes

A ruptura:

eu não sei o que é viver uma vida equilibrada
quando fico triste
eu não choro eu derramo
quando fico feliz
eu não sorrio eu brilho
quando fico com raiva
eu não grito eu ardo

a vantagem de sentir os extremos éque
quando eu amo eu dou asas
mas isso talvez não seja
uma coisa tão boa porque
eles sempre vão embora
e você precisa ver
quando quebram meu coração
eu não sofro
eu estilhaço 

A cura: 

Quero pedir desculpas a todas as mulhes
que descrevi como bonitas 
antes de dizer inteligentes ou corajosas
fico triste por ter falado como se
algo tão simples como aquilo que nasceu com você
fosse seu maior orgulho quando seu
espirito já despedaçou montanhas
de agora em diante vou dizer coisas como
você é forte ou você é incrivel
não porque eu não te ache bonita
mas porque você é muito mais que isso

Não preciso dizer mais nada né? Apenas leiam esse livro e tenham em casa essa obra! <3

                                   instagram   facebook     twitter  ❤  skoob

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo