15 maio 2015



Começo dizendo que deixo você passar ileso porque a culpa de tudo é minha. Foi eu que deixei você voltar e fazer a sua bagunça aqui. Foi eu que deixei meus ouvidos escutarem um eu te amo com seu corpo suado colado ao meu. Foi eu que pedi para ficar um pouco mais antes de ir. Foi eu que permitir suas lembranças no meu quarto em todos os ângulos. Você não tem culpa de nada, só quis voltar a frequentar minha vida e eu deixei as portas arreganhadas para você entrar. Foi tudo culpa minha não ter dito um simples "não". Pode ir, voltar de onde veio, sem ferimentos, machucados ou lágrimas. Pode voltar a acender o seu cigarro, entortar o rosto e jogar a fumaça para o lado do jeito que você faz. Pode voltar para sua vida e começar a planejar o dia para voltar a bagunçar por aqui. Vá logo embora! O meu coração é dependente de você, mas consegue manter um costume quando você não está por perto. Vai! Me deixa descansar. Pode sair ileso da bagunça que fez por aqui. Eu consigo me recuperar. Eu sempre consigo. 

                                        instagram   facebook   tumblr     twitter  

2 comentários:

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo